GEODIREITO
Direito Administrativo Geográfico
Planejamento e gestão territorial
Perícia Geográfica
Regulação e legislação geográfica
Relações Governamentais

 

Brasil e Nações Unidas apoiarão a criação de Centros de Referência em Censos na África

14 Mai 2017



Entre os dias 2 e 5 de maio, representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) se reuniram com especialistas de Cabo Verde e do Senegal, com o intuito de criar Centros de Referência em Censos com Coleta Eletrônica de Dados na África. De acordo com o Portal das Nações Unidas no Brasil, a iniciativa visa a capacitação das instituições nacionais de estatísticas participantes do projeto – Senegal e Cabo Verde – para que a coleta futura de informações seja feita através de tecnologias digitais, como já ocorre com o IBGE.

A iniciativa tem dois propósitos. Em primeiro lugar, habilitar as nações da África para coletar os dados já no formato digital para os censos de 2020. Isto reforça o comprometimento das agências das Nações Unidas e dos governos na capacitação e na transferência de tecnologias para garantir a disponibilidade de dados e, consequentemente, o maior conhecimento das realidades locais, regionais e nacionais, estratégias presentes no Relatório sobre a Revolução dos Dados. Em segundo lugar, a iniciativa também pretende ajudar ao menos 18 países nas ações referentes ao recolhimento de dados nos próximos anos.

A participação do IBGE na cooperação horizontal não é um fenômeno novo. De acordo com Celso Soares, vice-presidente do Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde (INECV), o instituto brasileiro já colaborou na realização do censo de Cabo Verde em 2010 e emprestou palmtops utilizados na coleta dos dados.

De acordo com a página eletrônica da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o instituto também atuou em outros projetos, como: 1) na identificação das necessidades Angolanas nas áreas de Censos, Pesquisas de Tecnologia de Informação e Planejamento Estratégico; 2) no apoio ao Instituto Liberiano de Estatística e de Serviços de Geoinformação; 3) no apoio à implementação de um Instituto Nacional de Estatística na República Dominicana; 4) no apoio técnico ao Instituto Haitiano de Estatística e Informática para o recenseamento geral populacional e habitacional.


Fonte: Ceiri



Copyright 2008-2017 - Todos os Direitos Reservados
igd@geodireito.com