GEODIREITO
Direito Administrativo Geográfico
Planejamento e gestão territorial
Perícia Geográfica
Regulação e legislação geográfica
Relações Governamentais

 

Por que o Google Maps agora identifica terras indígenas

12 Jul 2017



O Google anunciou no domingo (2) a inclusão de territórios indígenas do Brasil nos mapas das suas plataformas Maps e Earth. É o resultado de uma parceria com a Funai (Fundação Nacional do Índio), que forneceu os dados oficiais sobre essas terras.

Já é possível ver onde se localizam terras de etnias distintas, como os Yanomami (que vivem em Roraima e Amazonas), Guarani-Kaiowá (Mato Grosso do Sul) e Tupiniquim (Espírito Santo). É comum que uma mesma etnia possua mais de um território, caso haja comunidades distintas.

É possível procurar as terras indígenas normalmente no espaço de busca do site ou aplicativo, por meio da etnia ou do nome do território — por exemplo, os Kayapó são um povo que vive em distintas terras demarcadas, entre elas a Trincheira Bacajá e a Badjônkôre, ambas no Pará.

O contato do Google com indígenas brasileiros teve início em 2007, quando Almir Suruí, líder do povo Suruí que vive na divisa entre Rondônia e Mato Grosso, conheceu o Earth e foi atrás da empresa para que ela mapeasse a cultura da sua etnia, o que se concretizou cinco anos depois.

Pelas imagens de satélite do Earth é possível ver que os locais vizinhos das terras indígenas costumam possuir uma cobertura vegetal mais escassa do que dentro delas — seja por exploração de madeira, urbanização ou retirada de vegetação para pecuária ou agricultura. É desse modo que a empresa justifica a novidade: seria uma maneira de expor o papel decisivo de comunidades indígenas para a preservação ambiental do mundo, sobretudo na Amazônia, maior floresta tropical do planeta e região com grande diversidade de espécies vegetais e animais.

Ter um espaço registrado em um mapa, ainda mais com o grande alcance do Google, é um símbolo de reconhecimento de uma comunidade. A inclusão de territórios indígenas no mapa é também uma forma de compensação por danos a esses povos no passado.

Para ler mais, clique aqui.
 


Fonte: Nexo



Copyright 2008-2017 - Todos os Direitos Reservados
igd@geodireito.com